Saramago... diálogo entre Deus e o Diabo...


Diabo: Não me aceitas, não me perdoas?

Deus: Não te aceito, não te perdoo, quero-te como és, e, se possível, ainda pior do que és agora.

Diabo: Porquê?

Deus:  Porque este Bem que eu sou não existiria sem esse Mal que tu és, um Bem que tivesse que existir sem ti seria inconsebível, a um tal ponto que nem eu posso imaginá-lo, enfim, se tu acabas, eu acabo, para que eu seja o Bem, é necessário que tu continues a ser o Mal, se o Diabo não vive como Diabo, Deus não vive como Deus, a morte de um seria a morte do outro.

Trecho do livro "O Evangelho Segundo Jesus Cristo", de José Saramago.

Um registro indignado pela falta de respeito da Igreja Católica, que é capaz de tolerar e conviver com estupradores, pedófilos, ditadores e assassinos. Mas não consegue conviver com seus críticos. Que a obra de Saramago fale por ele... quando ele mesmo já não pode mais.

0 comentários :

Postar um comentário

 

Pesquisar este blog

Carregando...
Sempre gostei de cozinhar, embora nunca tenha feito nenhum curso para isso.

Minha primeira vez foi ainda criança. De lá para cá, fui aprimorando... adaptando receitas ou seguindo-as a risca.

Os temperos me provocam... os sabores... cheiros...

Perdi muitos pratos gostosos, por isso a idéia desse blog. Publicar as receitas que faço para meu registro e para quem tiver interesse.


"Comigo as coisas não tem hoje e ant'ontem nem amanhã: é sempre. (...) o senhor por ora mal me entende, se é que no fim entenderá. Mas a vida não é entendível."

"(...) o real não está na saída nem na chegada: ele se dispõe para a gente é no meio da travessia."

(Guimarães Rosa)


...

...