DESEJO

Deixa a minha voz tremendo
ser encaixada no santuário do teu coração.
Oh minha asa,
Deixa-me ser parte de um arquejo
e voar para longe.

Fonte: Uma casa em Beirute
Sylvia Beirute

SOGHOMON SOGHOMONIAN - POEMA - DESEJO

Comentários

Postagens mais visitadas