anfíbios

"dentro de cada saudade há um sapo que coaxa, úmido como o rio que orienta os sonhos em duas margens, e salta de um país a outro porque sabe que os corações são sempre fronteiriços."

Mariana
http://buhobranca.blogspot.com/2010/08/anfibios.html

Comentários

Postagens mais visitadas