No Direction Home

(...) Em 1960, os Estados Unidos elegeram para a Casa Branca um jovem que esperávamos ser um idealista. Tentamos acreditar que  "Nova Fronteira" era mais que um slogan. Antes de a Crise dos Mísseis em Cuba, de as balas assassinas e de o Vietnã terem transformado essa promessa em mágoa, aqueles foram tempos incríveis para ser jovem e estar começando a vida. Antes que a resistência passiva de Martin Luther King desse com um muro de pedra, era até mesmo um tempo para ser negro, jovem e esperançoso.

O ano de 1960 veio depois de Joe McCarthy, antes de Eugene McCarthy. Depois dos beats, antes dos hippies. Depois da Velha Esquerda, antes da Nova Esquerda. Depois da sopa Campbell's, antes de Andy Warhol. Depois do movimento dadá, antes de camp. Depois do Batman, antes da volta do Batman. Depois do Village Voice, antes do East Village Other. Depois de Marshal Field, antes de Marshall Mc Luhan. Depois de Trotsky, antes do Yippie.

O ano de 1960 foi pós-Thomas Wolfe, pré-Tom Wolfe. Pós-Presley, pré-Beatles. Depois de Bill Maudin, antes de Jules Feiffer. Depois do chá, antes da erva. Depois do lindy hop, antes do twist. Depois da apatia, antes do descolado. Depois dos jovens irados, antes dos cantores de protesto. Depois da Cruz Vermelha, antes da Guarda Vermelha. Depois de Billy Graham, antes de Bill Graham. Depois da momice, antes do popismo. Depois do stablisment, antes dos moradores de rua.

O ano de 1960 foi um tempo de promessa. Por uma infinidade de motivos, a juventude mundial começava a respirar e a se agitar depois do silêncio e da apatia dos anos 1950. O papa João XXIII movia a Igreja para o século 20. Castro e Guevara tentavam trazer a cor de volta a uma revolução que se tornara burocrática e opressora. A "Camelot" Kennedy levava um pouco de juventude, cultura e estilo para a tacanha Washington.

O ano de 1960 foi antes que Bob Dylan chegasse à cidade de Nova York.

(Trecho: No Direction Home - A vida e a música de Bob Dylan
Robert Shelton - Página: 32 -33)

Comentários

Postagens mais visitadas