Picanha au Poivre

Pimenta (Piper nigrum): Declaro que traz alegria para os viúvos e alivia a impotência dos tímidos. É melhor moer os grãos conforme a necessidade, não só para obter mais sabor, mas também pela cerimônia, mas o pó que se compra em qualquer lugar também serve. Sabia que espirrar é um prazer erótico?  Ponha pimenta no travesseiro na próxima vez que compartilhar o leito do(a) seu/sua amante e, se não der certo, não faz mal: façam amor no tapete.
(Trecho: Afrodite - Contos, Receitas e Outros Afrodisíacos. Por Isabel Allende)

Neruda's Wine Glass - Por: Vivienne Flesher, 1997 - Pastel

Uma receita picante, prática e rápida. Não leva mais que uma hora.

Para o acompanhamento, preparei babatas coradas e salada verde (alface e rúcula) com palmito.

Para o prato principal, escolha uma peça de picanha de aproximadamente 1kg. Separe três colheres de sopa de pimenta do reino em grão, uma colher de sopa de sal grosso, uma cebola pequena, alho poró, aspargo, três colheres de sopa de manteiga, uma colher de chá de manteiga, uma colher de chá de farinha de trigo, meia xícara de chá de vinho branco seco, três colheres de sopa de mostarda dijon (caso não tenha, pode ser a comum), uma xícara e meia de chá de creme de leite fresco, sal e pimenta do reino moída na hora a gosto.


Comece lavando a peça de picanha e secando-a com toalha de papel. Salgue-a com o sal grosso. Amasse a pimenta do reino em grão (você pode usar o pilão para socar alho) e a esfregue vigorosamente na picanha, grudando a pimenta na carne.

Acenda o forno em fogo alto e deixe aquecer por 10 minutos.

Unte uma assadeira com uma colher de sopa de manteiga e deposite nela a peça de picanha com a parte da gordura para cima.  Leve ao forno com a temperatura média de 220 graus e deixe assar por 15 minutos.  Vire a picanha para que doure dos dois lados e deixe por mais 15 minutos. Leve ao forno um refratário vazio para que aqueça.

Pique a cebola, corte o alho poró (a parte branca do talo) em rodelas pequenas e corte o aspargo em pedaços pequenos. Reserve.

Retire a assadeira do forno e verifique o ponto. Caso deseje a picanha mais passada, retorne ao forno por mais tempo (8 minutos para cada lado).

Se já estiver no ponto desejado, reserve a picanha no refratário aquecido e cubra com papel alumínio (todos os assados precisam de um tempo antes de serem cortados).

Enquanto isso, preparamos o molho.

Raspe bem o fundo da assadeira, coe e reserve o caldo do assado (adicione água se for necessário).

Misture a farinha de trigo à colher de chá de manteiga, formando uma massa (beurre manié) que vai servir para engrossar o molho.

Esquente duas colheres de sopa de manteiga em uma panela e refogue a cebola, sem que ela mude de cor. Adicione o alho poró e o aspargo e mexa. Deixe refogar por um minuto. Adicione o vinho branco e mexa. Deixe reduzir durante dois minutos.

Adicione a mostarda, o creme de leite, o suco do assado coado e a manteiga misturada com a farinha de trigo. Mexa bem para formar uma mistura uniforme.

Baixe o fogo e deixe cozinhar por cinco minutos. Ele deve engrossar. Prove o sal e acerte se for necessário. Acrescente pimenta do reino moída na hora.

Corte a picanha em fatias horizontais de mais ou menos 1 centímetro. Adicione o caldo da picanha do refratário ao molho e mexa.

Para arrumar o prato, coloque as folhas de alface e rúcula, regue o prato com azeite, disponha o palmito sobre as folhas, arrume as batatas coradas ao lado, disponha as fatias da picanha do outro lado e sirva quente. O molho deve ser servido quente em uma molheira.


Comentários

Postagens mais visitadas