Cleo Risotto ou Risoto de Caju acompanhado de Medalhão de Filé Mignon



O Medalhão de Filé Mignon não é novidade. Sua receita pode ser encontrada em outro post no blog:


A diferença é que limpei a peça de filé com alguns dias de antecedência, amarrei, a enrolei com filme pvc e congelei, para dar uma forma mais regular aos medalhões. Na antevéspera de prepará-los, descongelei e cortei os medalhões com mais ou menos dois dedos de espessura.



Motivado pela leitura de "No Direction Home - A vida e a música de Bob Dylan" e pela descoberta de cantores ou bandas que não encontramos nos meios comerciais, continuo garimpando na Internet novas bandas, cantoras ou cantores.

Ontem encontrei Mansfield. TYA, uma dupla francesa de Indie Folks:


Para o Cleo Risotto ou Risoto de Caju, você vai precisar de uma xícara de Arroz Arbóreo (próprio para risotos), meia Cebola picada, dois dentes de Alho socados, uma colher de sopa de Manteiga, meia xícara de Vinho Branco Seco, dois tabletes de Caldo de Carne, Pimenta do Reino a gosto, Sal a gosto, Azeite a gosto, duas colheres de chá de Cominho, Coentro a gosto, cinco Cajus, Cebolinha a gosto e trinta gramas de Castanha de Caju triturada.

Comece separando o suco do caju de sua fibra. Retire a castanha e corte os cajus em rodelas. Leve ao liquidificador. Bata e coe, separando o suco da fibra. Deixe a fibra secar um pouco e reserve o suco.

Enquanto isso, ponha água para ferver. É importante que a água ou o caldo que será acrescentado ao arroz esteja quente, pois a água fria interrompe seu cozimento.

Em uma panela, coloque meia colher de sopa de manteiga para derreter junto com azeite a seu gosto. Refogue a cebola e depois acrescente o alho. Antes de deixar dourar, acrescente o tomilho, a pimenta do reino, a cebolinha, o coentro e mexa. Juntando ao refogado da cebola e do alho. Acrescente a castanha de caju triturada e a fibra do caju. Mexa e deixe refogar por aproximadamente um minuto. Acrescente o arroz e mexa. Frite o arroz, pois a fritura ajuda na liberação do amido. Junte o vinho e deixe evaporar, mexendo sempre. Enquanto isso, dissolva o caldo de carne. O suco de caju deve dar para aproximadamente uma xícara, acrescente ao suco três xícaras de água quente e dissolva o caldo de carne. Quando o vinho tiver evaporado, acrescente aos poucos o caldo de carne dissolvido no suco de caju e na água quente e mexa. Deixe cozinhar por aproximadamente vinte e cinco minutos em fogo médio, mexendo de vez em quando para garantir um risoto cremoso e al dente. Prove o sal e acerte se for necessário. Quando estiver pronto (sem líquido mas cremoso), desligue o fogo, acrescente meia colher de manteiga e mexa. Depois, adicione uma colher de sopa de creme de leite e mexa bem, garantindo um risoto cremoso. Sirva quente.

Decore o prato ao seu gosto, arrumando o Cleo Risotto com os Medalhões de Filé Mignon.


"É difícil para mim aceitas as plateias silenciosas. Eu penso muito mais no que estou cantando e dizendo quando eles estão quietos daquele jeito (...) Eu fiquei um pouco inibido (...) As pessoas não amadurecem da mesma forma, sabe? (...) Não cobram de mim que eu seja um homem com uma mensagem. As minhas canções são apenas eu falando comigo mesmo (...) Não tenho qualquer responsabilidade com qualquer pessoa a não ser eu mesmo. Se as pessoas gostam de mim - ótimo. Se não gostam, então talvez eu faça outra coisa. Canções são apenas imagens do que eu estou vendo - lampejo de coisas - vida, talvez (...) Você sabe, cada uma das minhas canções poderia ser melhor. Isso costumava me incomodar, mas não incomoda mais. Não há nada perfeito em lugar algum, portanto não devo esperar perfeição de mim mesmo (...)" - Bob Dylan, 1965.

Comentários

Postagens mais visitadas