Penne ao Pesto com Shitake e Rúcula




Os últimos dias foram lindos, de um azul csyru. Apesar do verão, do calor, os dias (com suas noites) foram frescos. O vento no rosto criava a sensação do agradável. O contraste do verde da mata no azul, torna as paisagens aprazíveis.

São épocas de flores...

Olho pela janela, meus olhos se perdem nesse azul csyru e vão muito além dos limites do mundo. A garrafa do vinho que bebo agora também é azul.

Devorando o Mundo
Por: James Tipton

Nasci com a boca aberta...
entrando neste mundo suculento
de pêssegos e limões e sol maduro
e esta rosada e secreta carne de mulher;
este mundo onde a ceia está
no hálito do deserto sutil
nas espécies do mar distante
que flutuam no sonho tarde da noite.


Nasci em alguma parte entre
o cérebro e a romã
saboreando as texturas deliciosas
de cabelo e mãos e olhos,
nasci do cozido do coração,
do leito infinito, para caminhar
sobre esta terra infinita.


Quero alimentar-te com as flores de gelo
desta janela de inverno,
dos aromas de muitas sopas,
do perfume de velas sagradas
que por esta casa de cedro me persegue.
Quero alimentar-te com a lavanda
que se desprende de certos poemas,
e da canela de maças assando,
e do prazer simples que vemos
no céu quando nos apaixonamos.


Quero alimentar-te com a terra acre
onde colhi alhos,
quero alimentar-te de memórias
surgindo dos troncos de álamo
quando os parto
e da fumaça de pinhões
que se junta em torno da casa em uma noite quieta,
e dos crisântemos na porta da cozinha.
(Afrodite - Contos, Receitas e outros Afrodisíacos, de Isabel Allende)


Variei o prato do último domingo, aproveitando a ideia do molho pesto. É rápido, gostoso e fácil de ser preparado.

Acrescentei Shitake e a rúcula para complementar. Ainda que não conseguisse encontrar um molhe de rúcula bonita na feira (por causa das últimas chuvas), quis usar assim mesmo.


Usei bastante Manjericão:
Manjericão (Ocinum bacilicum e Ocinum minimum): Tem cheiro de almoço dominical no sul da Itália. Suas folhas aromáticas são indispensáveis em toda cozinha que se preze. Produz mais efeito quando fresco - acrescenta-se ao final, mas pode ser usado seco durante a cocção de certos alimentos. Em cultos antigos - e, ainda hoje, no vodu do Haiti - o Manjericão é associado à fecundidade e à paixão. (Afrodite - Contos, Receitas e outros Afrodisíacos, de Isabel Allende)
 Apesar de a receita ser quase a mesma do domingo passado, vou repeti-la, já acrescentando as variações.

Separe 300 gramas de Penne, 4 dentes de Alho, 60 folhas de Manjericão fresco, 120 gramas de Parmesão ralado, 100 ml de Azeite, 200 gramas de Batata, uma pitada de Flor de Sal, 100 gramas de Shitake fresco, 1/2 Cebola picada, 1 colher de Azeite, 1/2 xícara de Vinho Branco e Pimenta do Reino a gosto.

Esquente a colher de sopa de azeite em uma caçarola e refogue a cebola e logo depois, 2 dentes de alho socado. Quando dourar, acrescente a pimenta do reino e em seguida os Shitakes cortados em pedaços pequenos. Misture e refogue. Adicione o vinho branco e deixe quase secar. Desligue o fogo e reserve.

Descasque o alho e corte-o ao meio, retirando seu miolo. Soque o alho no pilão suavemente. Acrescente a Flor de Sal e continue pilando. Adicione as folhas de manjericão já higienizadas e secas. Continue pilando até formar uma pasta. Acrescente o azeite e o parmesão ralado e continue pilando, sempre suavemente. Acrescente o Shitake refogado e mexa, pilando levemente para incorporar à massa.Tampe o pilão e reserve na geladeira.

Coloque água que baste para ferver. Quando a água levantar fervura, acrescente as batatas descascadas e cortadas em cubos pequenos. Coloque sal a gosto. Quando voltar a ferver, coloque o penne e tampe a panela. Deixe cozinhar até o ponto desejado. Quando estiver pronto, escorra o penne com as batatas e leva a uma panela. Junte o pesto e mexa bem, para incorporá-lo à massa.

Arrume o prato:

Esquente-o no forno e arrume as folhas de rúcula. Acrescente o Penne ao Pesto com Shitake. Se for de seu gosto, salpique pimenta do reino e salsinha picada. Sirva quente.










Comentários

Postagens mais visitadas