G Hōkū Honua ou Costela de Porco com Arroz de Açafrão


O que é belo há de ser eternamente
Uma alegria, e há de seguir presente.
Não morre; onde quer que a vida breve
Nos leve, há de nos dar um sono leve,
Cheio de sonhos e de calmo alento.
Assim, cabe tecer cada momento
Nessa grinalda que nos entretece
À terra, apesar da pouca messe
De nobres naturezas, das agruras,
Das nossas tristes aflições escuras,
Das duras dores. Sim, ainda que rara,
Alguma forma de beleza aclara
As névoas da alma. O sol e a lua estão
Luzindo e há sempre uma árvore onde vão
Sombrear-se as ovelhas; cravos, cachos
De uvas num mundo verde; riachos
Que refrescam, e o bálsamo da aragem
Que ameniza o calor; musgo, folhagem,
Campos, aromas, flores, grãos, sementes,
E a grandeza do fim que aos imponentes
Mortos pensamos recobrir de glória,
E os contos encantados na memória:
Fonte sem fim dessa imortal bebida
Que vem do céus e alenta a nossa vida.

(Endymion - John Keats)



G Hōkū Honua ou Costela de Porco com Arroz de Açafrão

Nenhum mistério no prato de hoje. Receitas já experimentadas e publicadas no blog:

Costela de Porco temperada nas ervas

Arroz de Açafrão

E por mais que repitamos os mesmos ingredientes, penso que o sabor recebe a interferência do dia e da forma como o prato é montado e servido. São energias, movimentos que se derramam sobre o sabor, transformando a receita em algo exclusivo.

É um pouco de tempero a mais... um ingrediente de última hora... um jeito novo... um esquecimento... um calor diferente... um pensamento... um sentimento... uma viagem. Uma palavra... um olhar... a música da hora...

Os ingredientes são os mesmos, ou quase os mesmos indicados acima.

Acompanhei com Batatas Coradas e Salada Verde.

Cozinhei as batatas por 6 minutos na água fervendo, escorri, deixei secar um pouco e levei ao forno em um pirex untado com azeite.

A salada verde, fiz com diferentes folhas de alface picadas à mão, mel, pimenta do reino, azeite e parmesão ralado.

A arrumação dos pratos foi uma viagem.

Servi as Costelas de Porco e as Batatas Coradas em um prato grande. Salpiquei um pouco de flor de sal sobre as batatas, pimenta do reino e salsinha picada.

Arrumei a Salada Verde sobre uma saladeira e ao meio, servi o Arroz de Açafrão dentro de um Abacaxi. Para isso, retirei o miolo do abacaxi e fiz suco. Decorei o arroz com um galho de salsinha.








Comentários

Postagens mais visitadas