Quiche de Espinafre com Gruyere... ou, rasgando um buraco no azul

Leve é aquilo que brota
Muito além do medo
Serena é a coragem de tudo aquilo que é
Que é quem sempre caminha
E nunca pensa que tarda
Sua flecha certeira
Sempre crava na luz
E sempre amanhece

Ednardo



Fui colher hoje, colher espinafre de minha horta. Acordei cedo, ainda quando dava o raiar, entreluz da aurora, quando o dia branquece. Veio o vento ventando, em um domingo de inverno. Quem sabe o canto da manhã, prepare o canto da alegria.




O dia já rompeu seu meio e a preguiça pousou em Tulipa...


Para a massa do Quiche de Espinafre com Gruyere, vamos usar duas xícaras de Farinha de Trigo, um Ovo, uma Gema, cinco colheres de sopa de Manteiga, uma colher de chá de Água, Pimenta do Reino e Sal a gosto.

Cumprindo o destino do ser
A raiz afunda na terra
E bebe os segredos da areia
Espalhando em cada folha
Uma canção ao vento leve

Colocamos todos os ingredientes em uma tigela e amassamos, até ficar uma massa homogênea e não estiver grudando nas mãos. Uma massa ligeiramente umedecida. Envolvemos a massa em filme pvc e deixamos descansar na geladeira, por meia hora.

Para o recheio, vamos fazer um creme de espinafrem usando um molhe pequeno de Espinafre (inteiro: folhas e talo), quatro Ovos, cento e oitenta gramas de Queijo Gruyere, uma xícara de Leite, uma xícara de Creme de Leite, Pimenta do Reino e Sal a gosto.

Rasgando um buraco no azul
Tu afloras feito o arco-íris
Com um pé pisando no tempo e o outro no espaço
E molha a sequidão do meu rosto de pedra
Na água cristalina

Podemos começar por bater o espinafre no liquidificador com o leite. Despejamos em uma vasilha e juntamos o creme de leite. Juntamos os ovos e sal e pimenta do reino. Com uma colher de arame, misturamos tudo. Prove o sal e a pimenta e acrescente mais, se for o caso. Reservamos

O gruyere, podemos ralar ou cortar em lascas bem finas e pequenas, é o que prefiro. Reservamos.

Para montar o quiche, vamos usar além da massa e do recheio, Queijo Parmesão ralado, o quanto baste para cobrir toda a forma.

Em nosso rastro ferido arde
O Brasil e a nossa sina
Nada te dou como herança
Nada quero
A vida é uma pessoa sem medo no caminho

Estrela de cinco pontas luminando noites
Do universo do chão ardendo luminando noites
Habitamos o verbo chamado homem luminando noites

Unte a forma com manteiga e farinha de trigo. Eu gosto de usar aquela forma que a lateral abre. Espalhe a massa com as pontas dos dedos, até cobrir toda a forma, mas precisa ficar uma camada fina de massa. Espalhe o gruyere no fundo da forma e depois, acrescente o creme de espinafre e depois cubra com o parmesão ralado. Você pode retirar o excesso de massa entre o limite do creme e a borda da forma.



Leve ao forno em temperatura de 200º e deixe até dourar. Quando já estiver dourando, pode abaixar para 160º até o dourado ficar uniforme.

Retire do forno e sirva, com os acompanhamentos que preferir. Para hoje, acompanhei com uma Salada de Rúcula temperada e polvilhada com Gruyere.



"Eh, de primeira meu coração sabia bater copiando tudo. Hoje, eu desconheço o arruído rumor das pancadas dele."

"Ouvi, ouvi, aquilo, copos a fora, mel de melhor. Eu precisava. Tem horas em que penso que a gente carecia, de repente, de acordar de alguma espécie de encanto. As pessoas, e as coisas, não são de verdade! E de que é que, a miúde, a gente adverte incertas saudades?"

Guimarães Rosa

Comentários

Postagens mais visitadas